Buscar
  • Dra. Vanise Zimmer

Anedonia. Perda da satisfação e interesse em realizar atividades cotidianas

O Quê é Anedonia?


A Anedonia caracteriza-se por uma perda da satisfação e interesse em realizar diversas atividades da vida cotidiana, como encontrar amigos, ir a festas, passear na cidade, ir à praia, que anteriormente eram consideradas agradáveis e satisfatórias pela pessoa.

Este tipo de alteração é muito comum em estados depressivos e em outros quadros de Transtornos do Humor. Algumas doenças psiquiátricas provocadas pelo abuso de substâncias psicoativas (drogas) podem ocasionar a Anedonia, e o tratamento geralmente consiste em eliminar a causa que está na sua origem, que pode ser um distúrbio orgânico, abuso de drogas ou alcool, ou condições sociais, assim como fazer psicoterapia ou usar medicamentos antidepressivos, receitados pelo psiquiatra.


Tipos de Anedonia

Os principais tipos de Anedonia são a anedonia social, que consiste em um desinteresse no contacto com a sociedade ou em realizar atividades com outras pessoas e a anedonia física, que consiste numa incapacidade de sentir prazer no toque, contacto íntimo ou em alimentar-se, por exemplo.

Quais os sintomas

Os sintomas mais comuns que se manifestam em pessoas com Anedonia são dificuldade no relacionamento com outras pessoas, sentimentos negativos em relação a si próprio e aos outros, baixa auto estima, dificuldades para comunicar-se com outras pessoas ou demonstrar afeto, dificuldade na adaptação a situações sociais, tendência para esconder as reais emoções, especialmente de tristeza e perda do apetite sexual e alimentar.

Possíveis causas

A Anedonia é um dos principais sintomas de depressão, porém, nem todos que sofrem de depressão apresentam Anedonia e nem todos que apresentam Anedonia sofrem de depressão. Além disso, doenças como esquizofrenia, psicose, doença de Parkinson, anorexia nervosa, abuso de drogas e uso exarcebado de medicamentos como antidepressivos e antipsicóticos usados para o tratamento da depressão, também podem causar Anedonia.

Alguns fatores de risco podem também levar ao desenvolvimento de Anedonia, como a ocorrência de eventos traumáticos ou estressantes, história de abuso ou negligência, doenças que tenham um grande impacto na qualidade de vida da pessoa ou um distúrbio alimentar.

Como é feito o tratamento

A Anedonia pode ser tratada, o processo é lento, mas a melhora é possível. Geralmente consiste no tratamento da doença que está na sua origem, como a depressão ou outro Transtorno ou doença psiquiátrica.

A primeira opção é a psicoterapia com um Psicólogo, aconselhamos a Psicoterapia Sistêmica, que avalia o estado psicológico da pessoa e as contingências ambientais onde ela se insere, se necessário a pessoa pode se encaminhada para um psiquiatra, que poderá prescrever medicamentos como antidepressivos ou remédios direcionados para o problema psiquiátrico que a pessoa tenha.

O acompanhamento médico deve ser feito regularmente, de forma a identificar possíveis efeitos colaterais causados pelos medicamentos e visando a ajustar a dose dos medicamentos, para que se obtenha melhores resultados vinculados ao uso do remédio.

Outros tratamentos que podem ser usados para tratar a Anedonia são, estimulação magnética transcraniana e a estimulação do nervo vagal.



0 visualização
LOCALIZAÇÃO
Av. Das Nações Unidas, 14401, Torre C. Ed. Tarumã, Conj. 1910 Ch. Santo Antônio São Paulo, SP Cep 04794-000  - Complexo Parque da Cidade    
@ by Vanise Zimmer