top of page
Buscar
  • Dra. Vanise Zimmer

PSICOTERAPIA DE ADOLESCENTES

Atualizado: 22 de fev. de 2019

De repente, os filhos cresceram. Aquela criança obediente e companheira dá lugar a um jovem que não aceita regras, que contesta e tem seus próprios valores. Ele demanda privacidade, busca novos espaços e novas companhias, se veste de forma estranha e, às vezes, indesejada. Meu filho chegou a adolescência! Este é o período da vida em que os indivíduos têm a oportunidade de firmar sua identidade, seus valores próprios e de construir suas próprias crenças. O jovem, ou a jovem experimenta, testa seus limites, e os limites do outro, suas habilidades e possibilidades. É nesse período que ele amplia sua visão de mundo, conhece melhor sobre si mesmo e sobre os outros com quem convive e questiona o que foi aprendido e construído como valores pelos adultos com quem conviveu na infância.




A ADOLESCÊNCIA É UM PERÍODO DE GRANDES TRANSFORMAÇÕES PESSOAIS


A adolescência é um período repleto de mudanças (no corpo, no comportamento, nas relações com o mundo e consigo mesmo), de questionamentos (do mundo externo e interno), de escolhas (profissão, emprego, relação amorosa). A infância ficou para trás e o adolescente tem um número considerável de escolhas a fazer, o que pode ser bastante angustiante. Tomar inúmeras decisões para as quais o adolescente talvez não esteja preparado pode vir acompanhado de fortes sentimentos de angústia, medo, insegurança, Baixa Autoestima, podendo inclusive produzir fobias e pânico social, etc.

O adolescente tem necessidade de falar acerca do que sente, de suas dúvidas, decepções, conquistas, e precisa de um espaço apropriado para elaborar suas escolhas em consonância com seus desejos, habilidades de dificuldades. Se o adolescente precisa falar mas não consegue, ou não tem com quem tratar de suas dificuldades ou mesmo não consegue conversar sobre alguns assuntos com os pais, e até mesmo com amigos, ele pode se beneficiar de um procedimento psicoterapêutico. Além disso, está exposto a vários fatores de risco, tais como drogas ilícitas, bebidas alcoólicas, descoberta da sexualidade.

A psicoterapia se apresenta como um espaço de continência, de segurança, de orientação, e de elaboração para todas essas e outras questões mais específicas do contexto adolescente.